Palestra e confraternização marcam retorno dos funcionários ao colégio em 2017

O ano no qual o Colégio Santo Ivo comemora seus 50 anos de fundação começou com o pé direito para os funcionários do Colégio Santo Ivo. Na manhã desta quarta-feira (18), na unidade II, foi realizada uma confraternização para toda a equipe administrativa e pedagógica.

A diretora Myrna Ibrahim de Barros Lima abriu o evento dando as boas-vindas a todos e apresentando os desafios pedagógicos do ano, o logo comemorativo dos 50 anos e o cronograma de atividades de aniversário do colégio.

Fundador do Santo Ivo, Dr. José Carlos de Barros Lima contou um pouco sobre como surgiu a ideia de criar o colégio e os desafios daqueles primeiros anos.

Depois, foi oferecido um café da manhã, para que todos pudessem colocar o papo em dia e contar as novidades das férias.

Na sequência, foi a vez dos professores assistirem a palestra “Educação Inovadora: Ensino Híbrido e Metodologias Ativas”, com um dos maiores especialistas do Brasil em uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) na educação. Coordenador de grupo de pesquisa sobre Formação Inovadora de Professores, professor aposentado de Novas Tecnologias na USP e cofundador do Projeto Escola do Futuro da universidade, o espanhol, naturalizado brasileiro, José Moran acredita que é preciso flexibilizar currículos e criar modelos pedagógicos menos engessados e mais livres. “Trabalhar com projetos deve ser uma política educacional prioritária, assim como o Santo Ivo tem feito. Aprendemos muito mais praticando e refletindo do que só explicando”, afirmou.

Moran esclarece, ainda, que, nesse novo modelo, o professor precisa focar menos nas informações e mais nas habilidades e desafios dos alunos. “É preciso uma mudança na mentalidade meio paternalista de que o professor deve ensinar tudo, para dizer que o aluno também é responsável pelo processo de aprendizagem”, disse. “Como a internet tornou a informação muito mais acessível, o papel do professor mudou. Cabe a ele, agora, ensinar o aluno a selecionar, interpretar e absorver a informação a que tem contato. Para isso, os trabalhos e as atividades que favorecem a interatividade, assim como aqueles que utilizam a tecnologia, tão familiar a essas novas gerações, são os mais indicados. Além disso, é fundamental mostrar ao aluno que aquele conhecimento terá aplicação direta na vida dele. Ele precisa entender por que é importante aprender aquele conteúdo.”

Para finalizar este encontro, foi oferecido um animado almoço para os participantes.

Confira as fotos:

Confraternização de boas vindas das equipes pedagógica e administrativa (jan/2017)
Anúncios

Confira algumas opções de lazer para curtir as férias em São Paulo

Museus

As férias são uma grande oportunidade para quem quer ganhar mais conhecimento. Para isso, nada melhor do que visitar museus. Entre os principais, está o Afro Brasil, que traz um pouco da história da África e suas influências na cultura brasileira. Saiba mais aqui.

Para crianças e jovens que curtem ciência e biologia, a dica é visitar o Museu da Microbiologia, um dos três museus situados dentro do Instituto Butantã. No local, é possível encontrar atividades educativas para todas as idades como a exposição “O mundo gigante dos micróbios”, que aborda temas como biodiversidade microbiana, função biológica dos microrganismos, além da relação com seres humanos e alimentação. Saiba mais aqui.

Outra dica é o Museu da Arte Moderna (MAM). Importante polo de difusão da arte contemporânea em São Paulo, o local reúne uma coleção com mais de 5 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, vídeos e instalações de diversos nome da arte moderna. Aos sábados, a entrada no museu é gratuita. Saiba mais aqui.

Um dos temas mais importantes do ano passado foram os imigrantes. E São Paulo guarda o principal local de preservação da memória dos estrangeiros que chegaram ao Brasil ao longo dos anos: o Museu da Imigração. O local funciona de terça-feira a sábado, das 9h às 17, e aos domingos, das 10h às 17h. O ingresso de entrada custa R$ 6/ R$ 3 (meia entrada). Aos sábados, a entrada no museu é gratuita para os visitantes. Saiba mais aqui.

Em 2016, o Estado de São Paulose destacou na lista do Travellers’s Choice Museus, do Trip Advisor, com os melhores museus do mundo. Neste ranking, a Pinacoteca do Estado conquistou o 1º lugar no Brasil e América do Sul. Saiba mais aqui.

Parques

São Paulo também proporciona a seus moradores e visitantes o contato direto com a natureza. Entre os principais parques urbanos estão o Villa-Lobos, Cândido Portinari, Juventude, Água Branca, Belém, Pomar Urbano, Alberto Löfgren e Guarapiranga, na capital, Gabriel Chucre, em Carapicuiba, e Chácara Baronesa, em Santo André. Todas as opções propiciam a prática esportiva, espaço para piqueniques e para a leitura.

Para as crianças, a dica de passeio nas férias é pela Fundação Zoológico. Com uma área de 824 mil m², o local é considerado um dos dez melhores zoos do mundo, pela diversidade de animais que abriga.

Leitura

Quem gosta de dedicar o tempo livre à leitura não pode deixar de conhecer a Biblioteca São Paulo. Situada no Parque da Juventude, o local possui um acervo de mais de 30 mil livros, além de CDs, DVDs, jornais e revistas. Saiba mais aqui.

Outro lugar que proporciona o acesso ao conhecimento é a Biblioteca Villa-Lobos, que conta com programação e acervo diversificados. Saiba mais aqui.

Fonte: Secretaria da Educação do Governo do Estado de São Paulo